Notícias

Secretaria de Cuidados e Prevenção às Drogas busca parceria com CNM

Quinta, 30 de janeiro de 2020.

IMG 5328O presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Glademir Aroldi, recebeu na manhã desta quarta-feira, 29 de janeiro, na sede da entidade, o secretário de Cuidados e Prevenção às Drogas da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania, Quirino Cordeiro Junior. Durante o encontro, o secretário apresentou as ações desenvolvidas pela pasta no combate às drogas e propôs firmar uma parceria com a CNM para ampliar ainda mais o leque de atuação.

“Nós desejamos atuar junto com os Municípios, entender as demandas, desenhar ações junto com a CNM e fazer um novo planejamento entendendo a necessidade de cada região”, reforçou o secretário. Na oportunidade, Quirino Cordeiro Junior ressaltou que as ações de prevenção ao uso de drogas e de reinserção social de usuários continuam entre as pautas prioritárias do Ministério da Cidadania.

“Esse desafio é enorme e precisamos resolver. Precisamos ter o envolvimento, não só das entidades, dos Municípios e do governo federal, como também da sociedade como o todo. A sociedade precisa participar”, disse o presidente da CNM, Glademir Aroldi. Em seguida, o presidente apresentou o projeto Reinserir, promovido pela Confederação, que tem como objetivo fomentar o trabalho integrado das redes de educação, saúde e assistência social em conjunto com a sociedade civil para gerar oportunidades de reinserção social e econômica dos usuários de drogas.

Entre as ações já promovidas pelo Ministério, o secretário citou a implementação da Política Nacional sobre Drogas, além do aumento no número de vagas gratuitas destinadas a dependentes químicos em comunidades terapêuticas. “Nós queremos buscar essa parceria para que lá na ponta ele receba um acolhimento. Precisamos contar com a estrutura existente no Município para que ele não volte as drogas”, complementou.

IMG 5339Ao fim da reunião, CNM e a Secretaria de Cuidados e Prevenção às Drogas estabeleceram que vão trabalhar juntos como parceiros. Para tanto, será assinado um acordo de cooperação, o que deve acontecer até o início do próximo mês.

Estudo

Na reunião, ainda, Aroldi citou pesquisa elaborada pela CNM aponta que fez um panorama do uso de drogas no país. O estudo mostra que em 1.599 Municípios, 97,31% destes enfrentam problemas com consumo de drogas. A circulação de crack, especificamente, foi apontada por 73,80% dos Municípios pesquisados.

Além disso, foi apresentado o Observatório do Crack. A ferramenta online permite que se tenha um panorama do país sobre as drogas no Brasil.

Por: Lívia Villela
Fotos: Lívia Villela
Da Agência CNM de Notícias