Boa Prática

Combate às Drogas: NACAD - Núcleo de Apoio a Criança e ao Adolescente

Segunda, 12 de maio de 2014.
picuiMunicípio de Picuí/PA

- Identificação do Município -
 
Destaca-se pela exploração de produtos como castanha de caju, feijão, milho, algodão, mandioca e maracujá, bem como pela extração de minerais metálicos e não metálicos. Na agricultura, predomina a prática de subsistência e pecuária extensiva, com destaque para a produção da carne de sol, conhecida em todo o país.

 

Localizado na mesorregião geográfica da Borborema e microrregião do Seridó Oriental, o Município possui uma população de 18.597 habitantes, dos quais 66% residem na área urbana e 34% na zona rural.

 

A prioridade dada ao atendimento às criança e aos adolescentes valeu ao Município o recebimento do prêmio Selo Unicef – Edição 2006 e Edição 2008 e o Selo da Fundação Abrinq, concedidos pelo Unicef e Fundação Abrinq, respectivamente. Essas premiações indicam o reconhecimento da atenção concedida a esse público em todas as áreas governamentais.

 

- Ação -
 
Criado com o intuito de promover o enfretamento à problemática ao uso de drogas e ao mesmo tempo garantir a defesa dos direitos de crianças e adolescentes, o Núcleo de Apoio à Criança e ao Adolescente (Nacad) é pautado na busca de caminhos saudáveis e possíveis para a transformação da realidade de meninos e meninas vulneráveis à drogadição.

 

O projeto, implementado em 2012, é realizado pela Prefeitura Municipal de Picuí em parceria com o Programa Amigo de Valor – Banco Santander, e tem contribuído para melhorar a qualidade de vida de seus participantes e se tornou referência no Estado da Paraíba, tanto pelo pioneirismo, quanto pelos bons resultados obtidos.

 

O Nacad é realizado no Parque Ecológico Cultural “Fausto Germano”, um equipamento público de múltiplo uso, construído em uma área de 12 hectares onde funcionava um lixão. Através de uma ação planejada, houve a revitalização do meio ambiente com preservação do bioma Caatinga em 2 hectares, e foram implantados no restante (10 hectares) equipamentos que permitem o entretenimento e a inclusão social de crianças e adolescentes, por meio da educação, do esporte, da arte e da cultura.

 

Dentre os equipamentos disponibilizados ao público-alvo, podemos citar: campo de futebol, pista de atletismo e bicicross, quadra poliesportiva, Centro de Formação Docente, Núcleo de Apoio à Criança e ao Adolescente (Nacad) e reserva nativa.

 

- Resultados -
 
Os principais resultados quantitativos estão na redução da evasão de programas sociais e o feedback de atendidos e visitantes. Ambos são medidos através da coleta de informações realizadas pela Secretaria de Assistência Social e pela direção do Parque.

 

Qualitativamente, há destaque para a intersetorialidade das ações, a ênfase na oferta de equipamentos que proporcionam sustentabilidade ambiental, a inclusão e a diversão de forma individual e/ou coletiva.

 

Vale destacar que adolescentes são capacitados em cursos profissionalizantes, há inclusão de familiares no desenvolvimento do projeto, o que melhora os vínculos tanto familiares quanto comunitários.

 

- Recursos -
 
A ação é desenvolvida em parceria entre a Prefeitura Municipal de Picuí, o Estado da Paraíba e o Banco Santander.

 

O valor anual para o desenvolvimento das atividades é de, aproximadamente, R$ 200 mil.